Linhas de Pesquisa

MAPEAMENTO CEREBRAL E INTEGRAÇÃO SENSÓRIO-MOTORA (PSIQUIATRIA)

NEUROPSIQUIATRIA GERIÁTRICA (PSIQUIATRIA)

PSICOPATOLOGIA E CLÍNICA PSIQUIÁTRICA (PSIQUIATRIA)

PSIQUIATRIA SOCIAL, MODALIDADES DE TRATAMENTO E POLÍTICAS ASSISTENCIAIS  (SAÚDE MENTAL)

Grupos de Pesquisa

Terapia cognitivo-comportamental, luto, Tanatologia, Psicologia Clínica.

Pesquisa em integração sensório motora.

Doença mental e comportamento violento, comportamento violento no Estado do Rio de Janeiro: um estudo forense e crimes sexuais

Exercício físico como tratamento adicional de doenças neuropsiquiátricas do idoso. Efeito agudo e crônico do exercício físico em respostas fisiológicas, cognitivas e comportamentais de adultos e idosos. Efeito do exercício físico no desempenho cognitivo e desempenho escolar de crianças e adolescentes. Relação entre respostas cognitivas e motoras em idosos saudáveis e com doenças neuropsiquiátricas. Efeito agudo e crônico no exercício físico na atividade cortical. Navegação espacial, dupla tarefa e parâmetros da marcha de idosos saudáveis e com doenças neuropsiquiátricas.

Linha de Pesquisa: diagnóstico, diagnóstico diferencial, tratamento, transtornos de ansiedade, transtorno de pânico, depressão e transtorno bipolar.

Pesquisas com foco na investigação de funções cognitivas (em especial atenção e memória de trabalho) a partir do uso da eletroencefalografia, e seus paradigmas e análises diferenciadas, e de testes neuropsicológicos. Essa área de pesquisa abrange 4 subáreas que se diferenciam pela população e/ou intervenção investigada, sendo elas: Transtornos psiquiátricos, esporte e exercício, modulação por substâncias/medicamentos, mindfulness.

GOTA – Grupo de Obesidade e Transtornos Alimentares – Investigações sobre aspectos epidemiológicos, clínicos e terapêuticos dos transtornos alimentares e obesidade.

  • Perda de controle e composição nutricional dos episódios de compulsão alimentar
  • Psicopatologia associada aos Transtornos Alimentares
  • Fisiopatologia e neurofisiologia do TCA e BN
  • Adaptação e Validação de Instrumentos para os Transtornos Alimentares
  • Intervenções em Transtornos Alimentares
  • Transtornos Alimentares, psicopatologia e Diabetes
  • Psicopatologia e Cirurgia bariátrica

DeReTrat – Ambulatório de Depressão Resistente ao Tratamento – Investigações sobre aspectos epidemiológicos, clínicos e terapêuticos da depressão resistente ao tratamento.

Tem experiência na área de Neurociências, atuando principalmente no tema da Neurobiologia da Emoção Humana.

Neuropsicologia, demências, doença de Alzheimer, comprometimento cognitivo vascular/demência vascular.

Transtorno Bipolar.

Psicologia do Coaching como ferramenta para promoção da saúde mental e do pensamento criativo.

Transtorno do estresse pós-traumático, transtorno do pânico e cienciometria.

Doença de Alzheimer, demência, idosos, depressão e neuropsicologia.

GOTA – Grupo de Obesidade e Transtornos Alimentares – Investigações sobre aspectos epidemiológicos, clínicos e terapêuticos dos transtornos alimentares e obesidade.

  • Perda de controle e composição nutricional dos episódios de compulsão alimentar
  • Psicopatologia associada aos Transtornos Alimentares
  • Fisiopatologia e neurofisiologia do TCA e BN
  • Adaptação e Validação de Instrumentos para os Transtornos Alimentares
  • Intervenções em Transtornos Alimentares
  • Transtornos Alimentares, psicopatologia e Diabetes
  • Psicopatologia e Cirurgia bariátrica

DeReTrat – Ambulatório de Depressão Resistente ao Tratamento – Investigações sobre aspectos epidemiológicos, clínicos e terapêuticos da depressão resistente ao tratamento.

Transtorno obsessivo-compulsivo, transtorno dismórfico corporal, síndrome de Tourette, e transtornos de controle dos impulsos.

Estudos em saúde mental da juventude abandonada e de seus cuidadores. Os eixos temáticos são: cultura e saúde mental; riscos psicossociais e fatores de proteção; desafiliação e reabilitação psicossocial; violências vividas.

Epilepsia, epilepsia/sono, eletroencefalografia, epidemiologia clínica / medicina baseada em evidências e história da medicina.

Psicoterapia baseada em evidências, na abordagem da Terapia cognitivo-comportamental, no tratamento para indivíduos com transtornos de humor e ansiedade.

Com ênfase em Álcool e Drogas, atuando principalmente nos seguintes temas: álcool, drogas, dependência e tratamento.

Consciência da doença na demência, Reconhecimento da expressão facial emocional na demência, Cognição social na demência, Qualidade de Vida na demência, Resiliência de cuidadores, Qualidade de vida de cuidadores, Demência de início precoce, Validação de escalas de avaliação na demência e Satisfação sexual na demência.

Psiquiatria social e prevalência de depressão em pacientes com tuberculose pulmonar.

Transtorno do estresse pós-traumático, trauma, violência, homicídio e transtornos de ansiedade.

Experiências e narrativas de adoecimento, tratamento e recuperação. Psicopatologia Fenomenológica. Pesquisa qualitativa em saúde mental, com ênfase no método fenomenológico e pesquisa-ação participativa.

Transtornos de ansiedade, em especial Transtorno de Estresse Pós-traumático, transtornos de humor e transtornos de personalidade.

Coordenador do GEDA (Grupo de Estudos do Déficit de Atenção) do Instituto de Psiquiatria da UFRJ.

Políticas públicas de saúde mental, políticas de saúde mental, saúde mental, tendências, desinstitucionalização, políticas públicas para atenção em álcool e outras drogas.

Transtorno de pânico, transtorno de ansiedade generalizada, depressão unipolar, psicofisiologia, realidade virtual, psicofarmacologia, transtornos mentais resistentes ao tratamento, traços de personalidade nos transtornos mentais, alterações endocrinológicas e da fisiologia respiratória nos
transtornos mentais.

Neurociências e Psiquiatria: neuroplasticidade, treino cognitivo, biomarcadores, envelhecimento, demências e esquizofrenia.

Tratamento farmacológico do transtorno de estresse pós-traumático, atuação de fármacos na reconsolidação da memória traumática, prevalência de transtorno de estresse pós-traumático em populações de risco, relação entre capital social e transtorno do estresse pós-traumático, transtorno
do estresse pós-traumático e qualidade de vida.